Bolsonaro faz Brasil passar pelo maior vexame de sua história no G20 e fala em exportar bijuterias de nióbio

Percebido por líderes internacionais como um personagem tóxico, Jair Bolsonaro não conseguiu se reunir com nenhuma liderança importante e, isolado, fez sua live em que falou em tom de deboche do escândalo do tráfico de drogas no avião presidencial e também na possibilidade de que o Brasil passe a exportar bijuterias de nióbio. Foi infame e ultrajante.
Percebido como um personagem tóxico e ultrajante, Bolsonaro não teve nenhuma agenda relevante e fez sua live de quinta-feira em que falou da perspectiva de que o Brasil passe a exportar bijuterias de nióbio. Além disso, ele teve que falar do escândalo internacional de tráfico de drogas num avião presidencial.
Segundo o jornalista Fábio Pannunzio, âncora da Band, Bolsonaro conseguiu transformar o Brasil nas Filipinas das Américas, numa alusão ao presidente Rodrigo Duterte, motivo de vergonha internacional. Detalhe: no governo Lula, o ex-presidente foi chamado de “o cara” por Barack Obama.
Confira, abaixo, algumas reações à participação de Bolsonaro:
Fabio Pannunzio
@blogdopannunzio

Anote aí. Bolsonaro viajou ao Japão para protagonizar um dos maiores vexames da história da nossa diplomacia. Se o que está se desenhando no horizonte se confirmar, o Brasil sairá do G-20 isolado e estigmatizado. Somos as Filipinas da América. Ninguém nos quer por perto.


 George Marques

Bolsonaro foi para o Japão comprar uma bijuteria de nióbio. Tudo pago com dinheiro público. Não se encontrou com nenhum chefe de estado relevante. O mundo o reconhece como tóxico, uma criatura desprezível. O Brasil virou motivo de piada no exterior.


Paulo Pimenta
@DeputadoFederal
BRASIL, EXPORTADOR DE BIJUTERIAS

A equipe falou e eu não acreditei. Mas é verdade e está aqui: Bolsonaro foi ao Japão participar do encontro do e cita BIJUTERIAS de nióbio como EXEMPLO de produto para o Brasil investir e exportar.

Não existe limite de vergonha pra ele?!

Fonte: Brasil 247