[su_heading size=”25″ align=”left” margin=”30″]O economista Eduardo Moreira denuncia que a forma negligente que Bolsonaro vem tratando o coronavírus, chegando a dizer que “é uma fantasia”, é “mais do que uma irresponsabilidade”, mas sim “uma postura assassina” e defende “medidas drásticas” de combate ao vírus.[/su_heading]

“[su_highlight background=”#1212d1″ color=”#fefdfe”]O governo quando subestima enormemente o poder de destruição de um vírus é assassino[/su_highlight]”.

O vírus entra no país através da população mais rica e há uma tendência no aumento da letalidade, a medida que o vírus passa para as camadas mais pobres da população, que não possui acesso à saúde”, alerta Moreira.
Ele cita como exemplo de local vulnerável para enfrentar o vírus o Rio de Janeiro. “Quando eu vejo um Estado que enfrenta um caos financeiro, de saúde e segurança não tomando medidas como, por exemplo, cancelar as partidas de futebol, fico muito preocupado”, acrescenta.

Assista: 

Fonte: Brasil 247